© 2018 by S & PAZOZZOO. All rights reserved.

Para anúncios, reclamações e outras questões, contacte:

contacto@noivachoque.co.mz

* A Noiva - choque não se responsabiliza por nenhum fornecedor anunciado neste website, sendo o seu papel meramente relacionado à publicidade e/ou comunicação entre usuários do website e serviços anunciados.

"Partilhar é se importar."

-Dicas para noivas-

5 formas de poupar no casamento

É muito comum que durante a organização de um casamento o orçamento usado ultrapasse o limite estipulado no início. Mas com um pouco de disciplina e moderação é possível, sim, ter um casamento muito bonito, sem estourar o cartão de crédito. Abaixo constam 5 dicas úteis para optimizar o seu orçamento inicial e não precisar de fazer mais gastos para além do previsto.

 

  1.The early bird gets the worm (o passarinho que chega cedo apanha a minhoca)

Tudo começa com a planificação. Se for feita com bastante antendência, é possível investigar o mercado e escolher o serviço mais em conta. Geralmente, quando já não existe muito tempo, as opções ficam reduzidas para as mais caras. Por isso, seja inteligente e se programe para que possa fazer as melhores escolhas de acordo com o seu bolso. O tempo de antencedência varia com o tipo de serviço. Para ter uma ideia, veja o calendário na outra página do site.

 

    2. Saiba o que quer

Se é noiva, sabe bem que às vezes é difícil manter o foco perante tantas opções e ítens para montar um casamento. Com o passar do tempo, as tendências e modas tendem a aumentar e criam-se cada vez mais vontades e desejos. Por isso, é muito útil quando sabemos o que queremos e não vale dizer que queremos tudo. Temos que tentar esfriar um pouco a cabeça e nos concentrar nas 3 principais coisas que valorizamos no nosso casamento, se realmente quisermos poupar. Calcule a percentagem do orçamento que sobra tirando esses 3 ítens principais e assim saberá quanto gastar com o resto dos componentes. Não é mais simples? Para saber mais sobre este assunto, veja como planificar um casamento.

 

 

     3. DIY (Faça você mesmo)

Existem coisas que não podem ser substituídas como um vestido de noiva, a não ser que seja uma estilista. Mas há algumas que é possível encontrar alternativas mais baratas. Se tiver uma veia artística, pode tentar fazer artigos para a decoração, convites, brindes e assim poupa algum valor para aplicar noutra parte. Outra opção que pode ajudar bastante é a confecção de alguns pratos do buffet em casa. Muitas famílias em Moçambique tem este hábito que não só ajuda a economizar, como também é uma demonstração de carinho por parte da família.

 

    4. Não compre, alugue.

Coisas como vestidos de noiva, alguns tipo de bouquets, podem ser alugadas em vez de compradas. Pode parecer um pouco prático demais para nós, e o vestido de noiva carrega uma lembrança de um dia muito especial, sim. Mas o facto é que este costume já existe há bastante tempo em muito países. E além disso, qual será o destino desse vestido após a cerimónia? Muitas vezes ele acaba se tornando um inconveniente pelo espaço que ocupa no guarda-roupa.

 

   5. Desapegue!

Às vezes a solução é mesmo desapegar. Não cismar demais com a festa do casamento que é passageira, quem faz a festa são os convidados e não as flores dos backdrops. Lembre-se sempre do porquê que está a casar e isso vai fazê-la sentir-se menos obrigada a cumprir com tendências e modas. Tudo isso durará apenas algumas horas, será que vale assim tanto investimento?

___________________S

Veja como organizar um casamento aqui: ORGANIZAÇÃO

Tem mais dicas? Deixe o seu comentário!

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Upload
Max File Size 15MB
Please reload